Arquivo da tag: Resiliência

Meditação: Como Treinar Seu Cérebro Para o CrossFit

Quando se fala em meditação o que logo vem a mente é a imagem de monges em templos budistas sentados por longos períodos, porém existe uma geração de atletas se dedicando a práticas de meditação para melhorar sua performance.

Antes de tudo é importante definir o que é meditação: Ela pode ser descrita como uma série de práticas que visam gerar um estado de consciência alterado, criando relaxamento e concentração através da exploração da respiração, concentração e repetição de padrões.

Mente e corpo são uma coisa só

Quando se pensa em mente logo se pensa no cérebro, uma esfera localizada no topo do corpo que envia comandos para todas as outras regiões, porém o sistema nervoso se distribui por todo o corpo em uma complexa rede de neurônios que recebe e envia sinais para todos os órgãos. Melhorar o sistema nervoso não impacta apenas no “chefe” do corpo, mas nele como um todo, por isso o interesse dos atletas nesse tipo de prática.

Resultados mensuráveis

Outro motivo que tem chamado a atenção dos atletas são os estudos endossando a eficiência da meditação como prática para a melhora da performance e saúde. Artigos mostram que a meditação melhora a resiliência física e mental, além de melhorar a capacidade de foco e promover uma melhora no funcionamento do sistema imunológico.

Meditar agora é simples

Mesmo com todas essas provas da eficiência da prática da meditação, ela não se espalharia entre atletas se ainda fosse necessário ir para algum pais do extremo oriente. Esse problema foi resolvido por diversos métodos online, hoje é muito fácil aprender a meditar com apps como o Headspace e o Wim Hoff Method, que além de ajudarem as pessoas a treinar sem um mentor, também servem para tornar a prática acessível em qualquer lugar do mundo.

Todos esses fatores tornaram a meditação parte indispensável do treino de muitos CrossFitters de alta performance e parece que agora ela começa a permear muitos box pelo mundo, tendendo somente a crescer e atingir a população geral, que tem muito a ganhar tanto na prática esportiva como na vida.

Anúncios

Como o Esporte Pode Melhorar Sua Vida Profissional

Texto originalmente publicado no blog da 4winners

Existe uma vasta literatura cientifica que prova que atividades físicas podem melhorar o desempenho intelectual de uma pessoa através da melhora da irrigação sanguínea do cérebro e criação de uma sensação de alerta. O esporte competitivo, além desses benefícios biológicos trás aprendizados psicológicos que podem ser aplicados para a carreira e o dia a dia.

Assine nossa newsletter para receber o vídeo 8 exercícios para melhorar o snatch
Praticar algum esporte de forma competitiva, seja ele qual for, expõem o atleta a um alto grau de pressão. Saber canalizar essa pressão em prol de resultados positivos, tomando decisões rápidas de maneira segura é o que muitas vezes separa o primeiro do último lugar, principalmente em competições de alto nível. Nelas a diferença entre o primeiro e o quarto lugar não costuma ser maior do que 3%, fazendo com que pequenos detalhes separem a medalha de ouro de uma classificação mediana.

A constante pressão por resultados gera outra adaptação fundamental entre praticantes de esporte, a resiliência. Apesar do talento individual ser fundamental para o sucessos em competições, a maioria dos atletas que se destacam são aqueles que conseguem seguir o planejamento de treino a risca e se manter na ativa através das adversidades físicas e psicológicas.

Por fim, não existem bons atletas solitários, mesmo em esportes individuais como natação e levantamento de peso, campeões são formados em um ambiente de co-competição, onde eles aprendem a colaborar com atletas que potencialmente serão seus adversários para o seu próprio desenvolvimento, postergando a rivalidade para um momento adequado.

Co-competição, resiliência e capacidade de tomar decisões sob pressão são características que não importam apenas dentro da arena dos esportes, mas também no mundo corporativo. Assim o esporte é uma forma excelente de aprimorar e testar essas características em uma situação controlada, permitindo que depois elas sejam aplicadas de forma mais segura dentro do ambiente profissional.

Para praticar essas aptidões não é necessário uma grande capacidade esportiva, mas sim se comprometer com um esporte e traçar metas de curto e longo prazo para que se torne um exercício de aprimoramento constante.

Curta nossa Fan Page no Facebook para continuar acompanhando nossas postagens:
facebook_like_button