Porque Crossfitters Deveriam Fazer Mais Rope Climbs

Escalar cordas é um dos exercícios mais reconhecidos entre judocas e ginastas para o fortalecimento da pegada e da força de puxada. No CrossFit a subida na corda está presente em alguns WODs, mas geralmente com o auxilio dos pés ou com a permissão do uso de algum tipo de balanço. Apesar desses formatos serem mais eficientes para uma situação de condicionamento metabólico, os atletas do fitness deveriam considerar passar mais tempo escalando cordas na força.

Assine nossa newsletter para receber o vídeo 8 exercícios para melhorar o snatch  

 

Força de Pegada

Talvez o benefício mais óbvio da corda seja o desenvolvimento da pegada, já discutimos em outros posts que existe uma certa especificidade na força de cada pegada, mas a subida na corda faz com que o atleta tenha que avançar se sustentando em uma mão de cada vez, além disso a natureza maleável do tecido obriga uma maior ativação da musculatura flexora dos dedos em relação a barra fixa, onde o atleta não precisa espremer a barra.

Força e Estabilização de Membros Superiores

Devido ao trabalho assimétrico que os membros superiores realizam durante as puxadas na corda, a musculatura das costas e dos ombros é obrigada a realizar um trabalho de estabilização muito mais duro em relação as puxadas na barra.

Esse trabalho é revertido não só em força extra, mas também em mais segurança em diversos outros movimentos que  necessitam dessa estabilização como outros tipos de puxada e movimentos em overhead.

Força Proximal

Talvez essa seja a maior vantagem da corda em relação a barra, todo mundo que já tentou um chest to bar pull-up na força ou muscle-up strict sabe o quão difícil é conseguir terminar aqueles últimos centímetros da puxada que separam a barra ou as argolas do peito.

Na corda o foco do movimento são esses poucos centímetros que separam o final de uma puxada do começo do movimento de empurrar.

Desenvolver essa força atualmente é fundamental para competições já que a maioria delas só aceitam peito na barra nos pull-ups e sempre envolvem uma prova com muscle-ups.

Cuidados Com Os Cotovelos

Infelizmente a corda não é um instrumento de treino perfeito, sua utilização principalmente sem o auxilio dos pés põem muito stress nos cotovelos, podendo levar a inflamação dessas articulações.

Por isso é recomendado que antes do atleta se aventurar em subidas na força ele consiga realizar uma quantidade considerável de strict pull-ups além de passar algumas semanas treinando sustentação na barra.

Curta nossa Fan Page no Facebook para continuar acompanhando nossas postagens:
facebook_like_button

Faça um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s